Receba a newsletter do Pinhal Maior
Saiba de todos os eventos e novidades sobre o Pinhal Maior no seu email.
Território de intervenção:
Snow
710194 visitantes
Cooperação

                                                    

 

     P R O J E T O   C O O P E R A Ç Ã O        DIVULGAR BIO           

 

Neste projeto são identificadas dúvidas e lacunas de conhecimento dos agricultores em relação à agricultura biológica (AB), através da realização de oficinas locais e visitas a produtores biológicos e sistemas de comercialização de produtos biológicos, de outras regiões do país e de Espanha. A identificação dessas dúvidas e lacunas será um processo participativo, no qual os agricultores serão uma parte ativa. Este levantamento, servirá de base à definição dos conteúdos chave a incluir nos manuais sobre AB, destinados a agricultores, que serão produzidos no âmbito do projeto. O conteúdo destes manuais será disseminado através das páginas web dos parceiros e da página da Rede Rural Nacional. Serão também impressos exemplares em papel para distribuir pelos agricultores que participaram nas oficinas e por outros agricultores que pretendam converter as suas explorações para o Modo de Produção Biológico. Para uma disseminação mais alargada das ideias principais contidas nos manuais serão também produzidas brochuras a distribuir nos eventos em que os diversos parceiros venham a estar envolvidos após o projeto. O projeto focar-se-á maioritariamente no setor das hortícolas e frutas por ser aquele em que existe um maior desfasamento entre a procura e a oferta internas e para o qual se espera um crescimento significativo da procura, conforme está descrito na ENAB. Neste sentido, a parceria foi constituída por forma a integrar entidades sediadas em zonas do país com fortes potencialidades para a produção de frutos frescos e secos e hortícolas em Modo de Produção Biológico.

 

1ª ATIVIDADE – Oficinas de Agricultura Biológica [Realização de Oficinas com Agricultores e Técnicos do Projeto]

Todas as atividades previstas no projeto se enquadram na Área 4 – Observação da Agricultura e dos Territórios Rurais do Plano de Ação da Rede Rural Nacional, tendo como principal público alvo os agricultores, mas também os formadores na área da Agricultura Biológica.

A Pinhal Maior desenvolveu 2 oficinas, com a presença, enquanto oradores, de técnicos e Docentes do projeto (ESAC - Escola Agrária de Coimbra). 

 

 

A 1º OFICINA ocorreu no dia 07 de Fevreiero 2020, com duração de 7 horas.

Teve como temáticas abordadas:

- Apresentação do projeto DIVULGAR BIO;

- Objetivos da oficina;

 - Discussão: O que é a Agricultura Biológica;

- Resultados da discussão, e identificação dos temas mais relevantes para os agricultores;

- Atividades práticas de enquadramento temático.

 

 

 

Fotos 1ª Oficina (fotos de Pinhal Maior e Telmo Martins - Vila de Rei)

001   002  003  004  005  006  007  008  009  010

 

A 2ª OFICINA ocorreu no dia 16 de junho 2020, com duração de 7 horas.

Teve como temáticas abordadas:

- Os recursos genéticos na Agricultura Biológica;

- A proteção das culturas em Agricultura Biológica;

- Biodiversidade e Ecossistemas;

- Rentabilidade e mercado dos Produtos Biológicos;

- Conversão e Certificação;

- Pontos fortes e fracos da Agricultura Biológica.

Fotos 2ª Oficina (fotos de Pinhal Maior)

001  002  003  004  005  006  007  008  009  010

 

PDR2020

 

 

                                                    

 

 

   P R O J E T O   C O O P E R A Ç Ã O        PRODUTOS & TERRITÓRIOS  

 

Com esse intuito, e em consonância com os objetivos do PENT, em 2014, seis GAL (PINHAL MAIOR, TAGUS, ADER-AL, CORANE, MONTE e TERRAS DE SICÓ) uniram esforços para abrir a “Produtos e Territórios – loja do Intendente”, no Largo do Intendente, em Lisboa. Este espaço de promoção dos seus territórios, de comercialização e valorização dos seus produtos, junto ao público urbano de Lisboa, permite que os produtores e artesãos dos territórios de intervenção dos GAL tenham mais um espaço de venda dos seus produtos tradicionais na capital, e os pequenos produtores e artesãos dos territórios da parceria, que não têm capacidade para entrar em grandes circuitos de distribuição, tenham acesso a outro mercado além do regional, contribuindo para o escoamento das produções e complementando o rendimento familiar. A Produtos e Territórios – Loja do Intendente, constituída por uma loja agroalimentar e de artesanato, cafetaria/ restaurante e zona de exposições, assume-se, assim como uma montra dos territórios, dos recursos endógenos e do património das regiões envolvidos. 

 

Reconhecendo as potencialidades dos seus produtos locais, distinguidos em concursos nacionais e internacionais das diferentes temáticas, e indo de encontro aos objetivos do Governo, que definiu nas prioridades do Programa Portugal 2030, assente em oito eixos, o objetivo estratégico de reforço da competitividade dos territórios da baixa densidade, potenciando a exploração sustentável dos recursos endógenos e o desenvolvimento rural. Mostrou-se necessário dar continuidade a este trabalho, em rede, de promoção e valorização dos produtos e territórios, para que os produtores possam atingir a escala necessária, consigam através da apresentação dos diversos produtos da parceria complementarem-se na oferta e através da realização de iniciativas aproximarem-se dos consumidores, que cada vez mais procuram a qualidade e autenticidade dos produtos e territórios rurais.

 

Assim surgiu o projeto de cooperação transnacional Produtos & Territórios, no âmbito da medida 10.3. inserido na operação 10.3.1. Cooperação interterritorial e transacional dos grupos de ação local, apoiado pelo PDR2020, através do Portugal 2020, e cofinanciado pelo FEADER.

 

Este projeto reúne além dos 6 GAL nacionais, vários parceiros e intermediários de Cabo Verde como são os casos da AGRORIG – Associação dos Agricultores e Agro-Industriais de Ribeira Grande, APVF – Associação de Produtores de Vinho do Fogo, AJEC – Associação de Jovens Empresários de Cabo Verde e do Município do Sal. E mais tarde a Comissão Regional de Parceiros de S. Vicente e o Conselho Regional de Parceiros de S. Antão.

 

O projeto pretende contribuir para o escoamento dos produtos locais da parceria, promover o desenvolvimento das atividades económicas, fixando a população nos territórios rurais e aproveitando os recursos endógenos para os transformar em fatores de diferenciação, competitividade e criação de mais emprego. Outros dos objetivos prende-se com a replicação de boas práticas num país da CPLP, mais especificamente em Cabo Verde, que permita a adaptação do modelo já estabelecido e implementado dos cooperantes em território português, da “Produtos e Territórios – loja do Intendente”, adaptado à realidade de Cabo Verde, com produtos e artesanato provenientes de vários locais e várias ilhas, num só local.

 

ATIVIDADES DO PROJETO DE COOPERAÇÃO:

Participação em feiras e/ou eventos nacionais territórios dos parceiros

Dinamização de eventos na Produtos e Territórios – Loja do Intendente

Participação em feira internacional
Encontro de produtores na Produtos e Territórios
Replicar metodologia desenvolvida pela parceria Produtos & Territórios num país da CPLP
Apresentação do projeto e participação na Feira Internacional de Cabo Verde

 

I C H A   D E   P R O J E T O | P R E P A R A Ç Ã O 

F I C H A   D E   P R O J E T O | D E S E N V O L V I M E N T O

PDR2020

 

                                                    

Desenvolvido por citricweb.pt